Manchester United vence Burnley e aproxima-se do líder e rival City

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Manchester United venceu hoje na receção ao Burnley, por 3-1, na 32.ª jornada da Liga inglesa de futebol, enquanto o Arsenal desperdiçou mais dois pontos, ao ceder um empate caseiro 1-1 com o Fulham.

A vitória dos ‘red devils’ não retrata as dificuldades que o Burnley criou à equipa do médio português Bruno Fernandes, que só chegou à vantagem com um remate afortunado de Mason Greenwood, aos 84 minutos, que desviou num defesa adversário e enganou o guarda-redes Bailei Peacock-Farrel.

O mesmo Greenwood abriu o marcador aos 48 minutos, a passe de Marcus Rashford, mas dois minutos depois, o central James Tarkowski restabeleceu o empate, de cabeça, na sequência de um lance de bola parada.

O jogo estava muito complicado para o United porque o Burnley não só estava sólido a defender como, também, muito perigoso nos lances de bola parada, até que aquele golo de Greenwood, cuja jogada é iniciada por Bruno Fernandes, ‘caiu do céu’.

Já em período de compensações, aos 90+3 minutos, o uruguaio Edinson Cavani, lançado em campo após o intervalo a render o brasileiro Fred, fechou o resultado, após assistência do holandês Donny van de Beek.

A ‘Premiel League’ é liderada pelo Manchester City, com 74 pontos, seguido do Manchester United, com 66, do Leicester, com 56 e do West Ham, que fecha os quatro primeiros lugares que dão acesso à Liga dos Campeões, com 55.

No outro jogo de hoje da 32.ª jornada, o Arsenal, com o internacional português Cédric Soares no ‘banco’, de onde não chegou a sair, cedeu um empate em casa a um golo frente ao Fullham, que está a lutar pela manutenção e que pode queixar-se de falta de ‘estrelinha’ nos seus dois últimos jogos.

O Fulham esteve a ganhar desde os 59 minutos, graças a um penálti convertido pelo avançado nigeriano Josh Maja, e viu o Arsenal empatar aos 90+7, pelo jovem Edward Nketiah, tal como aconteceu na jornada anterior, em que perdeu por 1-0 na receção ao Wolverhampton, com um golo marcado aos 90+2.

Quatro pontos perdidos pela equipa de Scott Parker nos ‘descontos’ dos últimos dois jogos e que muito jeito fariam ao Fulham, que seque em 18º e antepenúltimo lugar, primeiro abaixo da ‘linha de água’, com 27 pontos, enquanto o Arsenal é nono classificado, com 46.

Fonte: Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.