Soyo ganha hospital de campanha para tratamento de infetados com coronavírus

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A embaixadora dos Estados Unidos da América (EUA) em Angola, Nina Maria Fite, vai entregar formalmente ao Governo angolano, na quinta-feira, um hospital de campanha para tratamento de doentes com covid-19, no município do Soyo, província do Zaire.

Soyo ganha hospital de campanha para tratamento de infetados com coronavírus

O hospital de campanha, doado pelo Comando das Forças Armadas para a África dos EUA (Africom), está instalado nas instalações adjacentes ao hospital municipal do Soyo, e tem capacidade para internamento de 40 pacientes, segundo uma nota da embaixada norte-americana.

O hospital está instalado com um sistema de pressão negativa e tecnologia de filtragem de ar, que isola os pacientes e evita que o vírus ou doenças infecciosas se espalhem enquanto os pacientes estão a ser tratados.

Em 25 de março, antes e depois da entrega formal e da inauguração do hospital de campanha, a chefe da missão dos EUA em Angola doará caixas de livros diversos à Mediateca local (forte parceira da embaixada norte-americana) e visitará o local onde será construída a futura refinaria do Soyo.

 Angola totaliza desde o início da pandemia 21.733 casos, dos quais 527 óbitos, 20.073 recuperaram e 1.133 estão ativos (incluindo nove em estado crítico e 13 graves).

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.716.035 mortos no mundo, resultantes de mais de 123 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.