Cristiano Ronaldo marca no regresso da Juventus às vitórias na ‘Serie A’

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O internacional português Cristiano Ronaldo marcou esta terça-feira o último golo da Juventus na receção ao Spezia (3-0), em jogo da 25.ª jornada, e ajudou a formação de Turim a regressar às vitórias na Liga italiana de futebol.

Cristiano Ronaldo marca no regresso da Juventus às vitórias na 'Serie A'

Poucos dias depois de terem cedido um empate em Verona (1-1), os ‘bianconeri’ adiantaram-se por intermédio do espanhol Álvaro Morata, aos 62 minutos, e dilataram a vantagem por Federico Chiesa, aos 71, com ambos os golos a serem construídos por Federico Bernardeschi.

Em cima do final, Rodrigo Bentancur recuperou uma bola e isolou Cristiano Ronaldo, que deixou a sua ‘marca’ e fixou o resultado, aos 89 minutos, anotando o 20.º tento na prova e consolidando a liderança da lista de melhores marcadores, com mais dois do que o belga Romelu Lukaku, do Inter de Milão.

Ronaldo alcançou, pela 12.ª temporada seguida, a marca dos 20 golos numa edição de um campeonato, sendo que a última vez em que ficou abaixo desta marca foi na época 2008/09, a derradeira ao serviço do Manchester United, na qual marcou por 18 vezes na ‘Premier League’.

O Spezia, que ocupa o 16.º lugar do ‘Serie A’, ainda dispôs de uma soberana ocasião para marcar o tento de ‘honra’, de grande penalidade, só que o búlgaro Andrey Galabinov permitiu a defesa de Szczesny, aos 90+6 minutos.

A Juventus, que ainda tem uma partida em atraso, com o Nápoles, mantém-se no terceiro lugar, com 49 pontos, estando provisoriamente a três do AC Milan (52), segundo e que joga na quarta-feira, e a sete do líder Inter de Milão (56), que visita o Parma na quinta-feira.

Dentro de uma semana, em 09 de março, a Juventus recebe o FC Porto, na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, depois do desaire averbado no Dragão, por 2-1.

O Lazio-Torino, que abria a ronda, não se disputou, uma vez que os visitantes têm oito casos de infeção com o novo coronavírus no plantel e foram impedidos, pelas autoridades de saúde italianas, de deixar Turim.

Uma vez que a Liga italiana decidiu não adiar o jogo, o Torino vai ser punido com uma derrota administrativa (3-0) por não ter comparecido em campo, mas a direção do emblema ‘granata’ já anunciou que vai recorrer da decisão para os tribunais.

Fonte: Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.