MPLA começa afinar a máquina eleitoral com cadastramento de novos militantes

You are currently viewing MPLA começa afinar a máquina eleitoral com cadastramento de novos militantes

O partido que suporta o governo em Angola, MPLA, começou esta semana a afinar a máquina eleitoral para as eleições de 2022, com abertura de centros de emissão de cartões de militantes em todas as províncias do país para expandir o processo de cadastramento de militantes.

O Guardião

Segundo o secretario-geral do MPLA, Paulo Pombolo, em declarações à imprensa, com a expansão destes centros espera-se  por  uma nova dinâmica nos próximos dias, no sentido de aumentar o número de militantes cadastrados, bem como expandir o processo para vários distritos  e províncias do país.

O Secretário-Geral do MPLA  que realizou esta quarta feira visitas de constatação aos Centros  de emissão de cartões do comité provincial de Luanda, e dos  municípios do Cazenga, Viana e Talatona,  inteirou-se das actividades e constrangimentos   para a troca de cartões de militantes

Durante  a visita, o dirigente político,  manteve  encontros com os membros da Comissão Executiva dos Comité Municipais de Luanda,  Cazenga, Viana, Belas  e Talatona,  que trabalham neste  programa e apresentaram alguns constrangimentos que  devem ser ultrapassados  para manter as metas estabelecidas no  programa do MPLA.

O secretario –geral disse que o processo é gradual, e Luanda por ser a maior praça eleitoral deve ter os comités municipais e distritais com condições para emissão de cartões. 

Em declarações à imprensa, o 1º secretário municipal do MPLA em Viana, Euclides Faria, afirmou que o processo teve o início a nível central e já abrangeu aos comités províncias e doravante os cartões väo ser emitido nos municípios. 

Euclides Faria disse que Viana conta com  três pontos para a emissão dos cartões, um no  comité municipal e outros nos  distritos  da Estalagem e do Zango. 

A visita do Paulo Pombolo aos comités municipais do Cazenga, Viana e Talatona contou com a presença de vários membros do Bureau Político do MPLA e do 2º secretário desse partido em Luanda, Nelson Funete.