Casal Obama aposta em produções para Netflix sobre refugiados e Everest

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A adaptação cinematográfica de um sucesso de vendas literário sobre refugiados do Médio Oriente e outra sobre a primeira subida ao monte Everest destacam-se nos próximos lançamentos para a Netflix da produtora audiovisual do casal Obama.

Casal Obama aposta em produções para Netflix sobre refugiados e Everest

Fundada pelo ex-presidente Barack Obama e a sua mulher Michelle, a produtora “Higher Ground” vai produzir para a plataforma Netflix quatro novos filmes e duas séries de televisão, depois de ter triunfado em 2020 com o documentário “American Factory”, vencedor de um Óscar.

A adaptação cinematográfica do livro “Exit West”, é um dos destaques dos novos lançamentos e terá entre os protagonistas o ator britânico Riz Ahmed (“Sound of Metal”), de acordo com a Netflix. 

Escrito pelo autor paquistanês Mohsin Ahmid, “Exit West” conta a história de refugiados do Médio Oriente na Europa e Estados Unidos, tendo-se tornado num sucesso de vendas do mercado literário norte-americano, depois de ganhar o Los Angeles Book Prize.  

Outra das apostas é o filme “Tenzing”, sobre a vida do alpinista Tenzing Norgat, o primeiro a chegar, juntamente com Edmund Hillary, ao topo do Monte Everest, a montanha mais alta do mundo. 

Além deste filme, dirigido por Jennifer Peedom, cineasta que viveu durante muitos anos no Everest, a Netflix irá apostar numa produção da “Higher Ground” sobre ficção científica, “Satellite”, sobre o qual não foram revelados pormenores.

Da “Higher Ground” para a Netflix chegará também o filme “The Young Wife”, além de documentários, incluindo um sobre os Parques Nacionais norte-americanos, por James Honeyborne, autor de “Blue Planet II”.

As séries televisivas incluem “Firekeeper’s Daughter”, sobre uma jovem de 18 anos que se infiltra numa investigação policial, “Ada Twist, Scientist”, para crianças, e ainda “The G Word With Adam Conover”, um documentário.

Além de “American Factory”, a produtora do ex-casal presidencial norte-americano destacou-se com “Crip Camp” e também “Becoming”, este um filme de adaptação das memórias da única primeira-dama afro-americana a chegar à Casa Branca.

“Criamos a Higher Ground para contar grandes histórias”, afirmaram Barack e Michelle Obama. 

“Desde a ficção científica até à beleza do mundo natural ou as relações que nos definem, a Higher Ground continua a esforçar-se por dar novas perspectivas, personagens convincentes e inspirar”, adiantaram.

A biblioteca presidencial Barack Obama, um projeto de 500 milhões de dólares, irá finalmente começar a ser construída m 2021, anunciou o ex-presidente também esta semana. 

As bibliotecas presidenciais são uma tradição dos presidentes cessantes norte-americanos, geralmente erguidas na sua cidade de origem, oferecendo aos visitantes a possibilidade de consultar documentação oficial, além de acolher eventos sociais e culturais da comunidade.

Fonte: Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.