Polícia Nacional nega recrutamento de novos efetivos para ingresso na corporação

You are currently viewing Polícia Nacional nega recrutamento de novos efetivos para ingresso na corporação

A Polícia Nacional negou, esta quarta-feira (27), que está a recrutar novos efetivos para o ingresso na corporação, conforme informações que circulam nas redes sociais, segundo as quais, estão abertas candidaturas para o preenchimento de vagas nos diversos ramos policiais.

Segundo o porta-voz da corporação, comissário Orlando Bernardo,  que falava em conferência de imprensa, as informações que circulam nas redes sociais são falsas. “Não é verdade que haja ingresso na Polícia Nacional, a corporação em momento nenhum fez sair um comunicado sobre o assunto”.

“Não há ingressos na Polícia Nacional”, reforçou.

“O oficial comissário esclareceu que o ingresso na corporação tem sido feito com base nos cidadãos na condição de ex-militares das Forças Armadas Angolanas, licenciados a disponibilidade, e neste preciso momento está suspenso por força das medidas de controlo e propagação da pandemia da Covid-19”.

O também diretor de Segurança Pública e Operações  garantiu que quando houver necessidade de enquadramento de mais pessoal na Polícia será feito um anúncio público através dos órgãos de comunicação social, conforme a Lei. “Para ser polícia o cidadão tem de passar antes pelas forças armadas, depois disso, se aprovar nos testes está habilitado para ingressar na Polícia. Não há outra volta a dar,  é o cumprimento da Lei”.

O oficial comissário aconselhou os cidadãos  interessados a ingressarem na corporação angolana a estarem mais atentos para não caírem “nestas burlas”, apelando à denúncia ou à partilha de informações que suscitem indícios de embuste, “para a responsabilização dos infratores”.