Petróleo fecha a semana em baixa devido às altas reservas dos EUA

You are currently viewing Petróleo fecha a semana em baixa devido às altas reservas dos EUA

As reservas de petróleo nos Estados Unidos aumentaram de forma importante após cinco semanas de queda, ao contrário do esperado pelos analistas, e os preços do crude recuaram nesta sexta-feira (22).

Segundo o relatório semanal da Agência americana de Informação sobre Energia (EIA), as reservas comerciais de petróleo aumentaram em 4,4 milhões de barris (mb) na semana que terminou em 15 de janeiro em relação à semana anterior. Os analistas esperavam uma queda de 1,675 mb.

Os preços do petróleo baixaram com a divulgação deste informe, num mercado que observa com preocupação os sinais de um retorno do novo coronavírus à China.

O barril de Brent do Mar do Norte, de referência para exportações angolanas, para entrega em março perdeu 1,23%, caindo para 55,41 dólares em Londres. E o barril de WTI para entrega no mesmo mês caiu 1,62%, ficando a 52,27 dólares em Nova York.

“O número de casos da covid-19 na China constitui a principal preocupação dos investidores sobre a demanda”, resumiu Stephen Innes, analista da Axi.

Pequenos focos apareceram no norte do país asiático nas últimas semanas. Pequim registou 19 pessoas doentes com o novo coronavírus em sete dias, algumas vinculadas a uma variante do vírus, mais contagiosa.

Fora da China, “o número de novos casos do novo coronavírus, a lentidão da vacinação em alguns países e as restrições mais severas e longas à mobilidade na Europa pesam no ânimo dos investidores”, disse Eugen Weinberg, do Commerzbank.

As reservas americanas do petróleo foram estabelecidas em 486,6 milhões de barris.