Angola com mais 92 casos, dois mortos e 757 recuperações em 24 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email
Angola com mais 92 casos, dois mortos e 757 recuperações em 24 horas

Angola registou 92 novos casos de covid-19, dois óbitos e a recuperação de 757 pessoas, a maior desde o início da pandemia provocada pelo novo coronavírus no país, anunciaram hoje as autoridades sanitárias angolanas.

Os dados epidemiológicos da Direção Nacional de Saúde Pública (DNSP) sobre a situação do país divulgados hoje indicam que dos 92 casos registados, nas últimas 24 horas, 39 casos ocorreram na província de Luanda, 23 no Huambo, nove no Zaire, quatro na Lunda Norte e igual número na Lunda Sul, Moxico e Cabinda, três no Cuando Cubango e dois no Bié.

Os novos infetados, 39 do sexo feminino e 53 do sexo masculino, têm idades entre 1 e 72 anos.

A responsável da DNSP, Helga Freitas, lamentou a morte de dois homens, com 48 e 64 anos, em Luanda e Huambo.

Dos 757 doentes considerados recuperados, com idades entre 1 e 63 anos, 507 foram notificados em Luanda, 50 em Cabinda, igual número em Cuanza Norte, 49 em Malanje, 43 em Benguela, 18 na Huíla, 12 no Uíje, nove no Bengo, seis no Zaire, quatro na Lunda Sul, três em Cuanza Sul, dois no Huambo, igual número em Namibe, um no Moxico e o mesmo para o Cunene.

Por agora, Angola atingiu o total de 18.066 casos positivos, 415 óbitos, 12.712 dados como recuperados, o que correspondente a 70,24% do total de casos registados desde a notificação dos primeiros casos da doença no país, em março de 2019.

Registam-se também 4.939 casos ativos, dos quais dois encontram-se em estado crítico, oito graves, 76 moderados, 95 leves e 4.745 assintomáticos, que corresponde a 96,3%.

Nas últimas 24 horas, foram processadas 1.662 amostras por RT-PCR, com uma taxa de positividade diária de 5,0%, somando até à data um cumulativo de 320.812 amostras processadas, representando uma taxa cumulativa de positividade de 5,6%.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.899.936 mortos resultado de mais de 88 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.