UNITA apresenta queixa contra juíza que ordenou despejo da sua sede no Lobito

You are currently viewing UNITA apresenta queixa contra juíza que ordenou despejo da sua sede no Lobito
O Guardião

A UNITA, maior partido da oposição, apresentou uma queixa-crime contra a juíza que ordenou o despejo da sua sede no Lobito, noticiou à Voz da América.

Em causa esta uma ordem emitida, no dia 4 de dezembro, pelo O Tribunal de Comarca do Lobito, ordenando o despejo do secretariado da UNITA por falta de pagamento das rendas vencidas.

Segundo a VOA, a UNITA alega ter comprado o edifício, o hotel ‘’Grão Tosco’’, e de o ter perdido, em tribunal, num caso encerrado há anos, para figuras ligadas ao antigo Presidente, José Eduardo dos Santos.

O presidente da UNITA Adalberto Costa Júnior, citado pela mesma fonte, “disse recentemente que o hotel é um assunto de 30 anos e que os acordos de paz, impõem a devolução do seu património”.

Adalberto da Costa Júnior “qualificou o desalojamento do seu partido da sua sede no Lobito de crime”, escreve a VOA.

“Os autores vão responder porque nunca fomos notificados e também há uma participação no Conselho Superior da Magistratura Judicial contra a juíza que determinou o despejo. A justiça é extremamente lenta, mas estou convencido no retorno à UNITA da propriedade”, concluiu Adalberto da Costa Júnior, citado pela VOA.