Governo proíbe festas de fim de ano

You are currently viewing Governo proíbe festas de fim de ano

As tradicionais festas de fim de ano (vulgo réveillon), os espetáculos de música e dança, assim como o lançamento de fogos de artifícios, para celebração da passagem de ano, em Angola, estão proibidos, tendo em conta a situação sanitária que o país, em particular, atravessa.

Conforme o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, ao atualizar os dados da Covid-19 das últimas 24 horas em Angola, a proibição desses eventos visa evitar a criação de ambientes propícios para a transmissão do vírus Sars-Cov-2 no país.

O também especialista em Saúde Pública apela os cidadãos a transformarem a transição de ano em data de reflexão e suplicas a Deus, pelo facto de chegar até ao último dia do ano 2020, marcado pelo luto e dor de muitas as famílias.

“Em função da nova variante da Covid-19, que já assola alguns países europeus, apelamos as famílias a fazerem mais um sacrifício, com vista a salvaguardar a vida das pessoas”, alertou.

Lembrou que a nova versão do vírus Sars-Cov-2 é mais violenta do que a atual Covid-19, sobretudo para camada jovem.   

Nas últimas 24 horas, as autoridades sanitárias angolanas reportaram 75 novos casos positivos e 306 recuperados, sem o registo de morte.

Com esses dados, Angola contabiliza um total de 17 mil e 371 infectados, desde Março até à presente data, sendo 6.341 doentes activos, 10.627 recuperados e 403 óbitos.