Mais de 15 mil alunos vão beneficiar de um programa de educação digital

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os municípios do Ambriz (Bengo) e Caála (Huambo) vão beneficiar de um programa de educação digital a partir do ano lectivo 2021-2022.

Segundo uma nota da petrolífera Total E&P, promotora da iniciativa, chegada à Angop, o projecto vai beneficiar mais de 15  mil alunos e 200 professores de 30 escolas públicas.

O programa, a ser implementado pela organização não-governamental World Vision, tem como objectivo o reforço da aprendizagem e de competências em disciplinas nucleares através do uso de novas tecnologias, estando previsto o fornecimento de ferramentas digitais “tablets”.

A sua duração é de dois anos e conta com o aval do Ministério da Educação, das administrações locais e enquadra -se no programa de educação digital e utilização de tecnologias de informação e comunicação em curso nas escolas públicas, no âmbito da sua estratégia de Responsabilidade Social.

Em função dos indicadores deste projecto, os signatários prevêem a possibilidade da sua extensão, a partir de 2022,para os municípios de Porto Amboim e Nzeto, províncias do Cuanza Sul e do Zaire, respectivamente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.