Alemanha ultrapassa a barreira de um milhão de casos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Alemanha ultrapassou a barreira de um milhão de casos da covid-19 desde o início da pandemia, anunciou hoje o Instituto Robert Koch (RKI).

Nas últimas 24 horas o gigante europeu contabilizou mais 22.806 casos da doença e 426 mortos.

No total, desde o início da pandemia, a Alemanha registou 1.006.394 casos e 15.586 mortos.

A região do estado da Renânia do Norte-Vestefália, a mais populosa da Alemanha, é que tem mais casos registados: mais de 250.000, à frente da Baviera, com quase 198.000 pessoas infetadas, e Baden-Württemberg (quase 143.000).

Em Berlim, foram diagnosticadas cerca de 62.000 infeções.

A Alemanha prolongará até ao início de janeiro as restrições contra a covid-19, incluindo o encerramento de bares e restaurantes e restrições aos participantes em reuniões privadas, anunciou na quarta-feira à noite a chanceler alemã, Angela Merkel

“Ainda temos de fazer esforços (…) o número de infeções diárias é ainda demasiado elevado”, disse Merkel após mais de sete horas de discussões com os líderes dos 16 estados regionais alemães.

As restrições decididas numa reunião anterior em novembro continuarão, portanto, a aplicar-se até ao início de janeiro, a menos que tenhamos haja uma inesperada da taxa de infeção, “mas isso é improvável nesta fase”, explicou Merkel.

Os bares, restaurantes, espaços culturais e clubes desportivos deverão permanecer fechados durante mais de um mês. As estâncias de esqui permanecerão fechadas e o acesso às lojas também será restrito, com um número limitado de clientes, dependendo da sua dimensão.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.422.951 mortos resultantes de mais de 60,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 4.209 pessoas dos 280.394 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.