Pelé espera jogar à bola com a lenda argentina no céu

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Pelé lamentou hoje a perda de “um grande amigo” e de “uma lenda”, ao recordar Diego Maradona, o argentino com quem ‘disputa’ o estatuto de melhor futebolista da história e que morreu hoje, aos 60 anos.

“Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu”, escreveu o antigo avançado brasileiro na sua conta na rede social Twitter.

O brasileiro, de 80 anos, é o único jogador da história do futebol a ter vencido três Mundiais, tendo sido unanimemente considerado o melhor futebolista de sempre até ao aparecimento de Maradona, com quem ‘partilha’ o estatuto de maior da história.

Maradona morreu hoje na sua residência, na Argentina, aos 60 anos, anunciou o seu agente e amigo Matías Morla.

Segundo a imprensa argentina, Maradona, que treinava os argentinos do Gimnasia y Esgrima, sofreu uma paragem cardíaca na sua vivenda na província de Buenos Aires.

A sua carreira de futebolista, de 1976 a 2001, ficou marcada pela conquista, pela Argentina, do Mundial de 1986, no México, e os dois títulos italianos e a Taça UEFA arrebatada ao serviço dos italianos do Nápoles.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.