Neymar e Alisson indicados ao prémio FIFA The Best

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O brasileiro Neymar está entre os 11 finalistas do prémio de melhor jogador ‘FIFA The Best’, anunciados nesta quarta-feira (25) pela entidade que comanda o futebol. O guarda-redes Alisson disputa a premiação na sua categoria.

Entre os 11 finalistas do prémio de melhor jogador também estão o argentino Messi (Barcelona), o português Cristiano Ronaldo (Juventus) e o polonês Robert Lewandowski.

Além de Lewandowski, apenas outro vencedor da Liga dos Campeões com o Bayern de Munique está entre os finalistas: o médio brasileiro naturalizado espanhol Thiago Alcântara, que trocou o clube alemão pelo Liverpool em setembro.

O clube campeão da Inglaterra tem o maior número de atletas entre os finalistas, pois além de Thiago também emplacou o senegalês Sadio Mané, o egípcio Mohamed Salah e o holandês Virgil van Dijk.

O PSG, finalista da Champions, está representado apenas por Neymar e Kylian Mbappé.

O belga Kevin De Bruyne (Manchester City) e o espanhol Sergio Ramos (Real Madrid) completam a lista.

O brasileiro Alisson Becker (Liverpool) está entre os candidatos a melhor guarda-redes. Ele disputa o prémio com o costa-riquenho Keylor Navas (PSG), o belga Thibaut Courtois (Real Madrid), os alemães Manuel Neuer (Bayern) e Marc André Ter Stegen (Barcelona) e o esloveno Jan Oblak (Atlético Madrid).

Entre as mulheres, cinco campeãs da Europa com o Lyon foram indicadas: a inglesa Lucy Bronze (atualmente no Manchester City), a francesa Delphine Cascarino, a japonesa Saki Kumagai, a alemã Dzsenifer Marozsan e a também francesa Wendie Renard.

A lista é completada pela dinamarquesa Pernille Harder (Chelsea), a norueguesa Caroline Graham Hansen (Barcelona), a espanhola Jennifer Hermoso (Barcelona), a australiana Sam Kerr (Chelsea) e a holandesa Vivianne Miedema (Arsenal).

O prémio de melhor técnico será disputado pelo argentino Marcelo Bielsa (Leeds United), o francês Zinédine Zidane (Real Madrid), os alemães Hansi Flick (Bayern de Munique) e Jürgen Klopp (Liverpool), além do espanhol Julen Lopetegui (Sevilla).

Na disputa pelo golo mais bonito do ano, o Prémio Puskas, o uruguaio Giorgian de Arrascaeta foi indicado pelo golo de bicicleta que marcou na vitória de 3-0 do Flamengo sobre o Ceará pelo Campeonato Brasileiro de 2019.

Os vencedores serão definidos numa votação dos técnicos e capitães de todas as seleções nacionais, além de jornalistas e torcedores.

Os três finalistas de cada categoria serão anunciados em 11 de dezembro e a cerimônia de entrega dos prêmios está programada para 17 de dezembro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.