Mais de 500 detidos na Tanzânia vão ser extraditados

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Um total de 516 detidos na Tanzânia por alegado envolvimento nos ataques armados em Cabo Delgado, norte de Moçambique, vão ser extraditados para o país lusófono, de acordo com um memorando de entendimento assinado entre as polícias dos dois países.

A colaboração da Tanzânia “tem contribuído bastante para travar a situação”, referiu Bernardino Rafael, comandante da Polícia da República de Moçambique (PRM), citado hoje pelo jornal Notícias.

O objetivo da extradição é julgar os suspeitos e descobrir mais informação sobre os ataques, acrescentou.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.