África deve contrariar “tendência egoísta” de países desenvolvidos – Graça Machel

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os países africanos devem “tentar contrapor a tendência egoísta dos países desenvolvidos” e encontrar soluções alternativas para adquirir vacinas contra a covid-19, defende a ativista social e política moçambicana Graça Machel.

“Sabemos que os países mais desenvolvidos estão agora a trabalhar furiosamente para adquirirem a maior parte das doses das vacinas que estão a ser provadas que são eficazes e estão a pensar nos seus países pura e simples. Os africanos estão também a organizar-se”, afirmou Graça Machel, em entrevista à agência Lusa.

A presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade, organização não-governamental moçambicana, referiu a iniciativa do atual presidente da União Africana, Cyril Ramaphosa, de constituir uma equipa de 10 chefes de Estado como grupo coordenador da resposta de África ao impacto da pandemia, incluindo o acesso às vacinas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.