União Africana envia três antigos presidentes africanos para mediar conflito na Etiópia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A União Africana (UA) nomeou três antigos presidentes como enviados especiais à Etiópia para tentar concretizar a mediação entre as várias fações envolvidas no conflito no país, anunciou hoje o Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa.

O chefe de Estado sul-africano, que ocupa atualmente a presidência rotativa da UA, anunciou, em comunicado, que os antigos presidentes de Moçambique, Joaquim Chissano, da Libéria, Ellen Johnson-Sirleaf, e da África do Sul, Kgalema Motlanthe, serão os enviados à Etiópia.

Cyril Ramaphosa expressou também, citado pela agência France-Presse (AFP), o “profundo desejo de acabar com o conflito através do diálogo entre todas as partes”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.