Líder da UNITA apela ao diálogo

Líder da UNITA apela ao diálogo

O presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, apelou, neste sábado, em Malanje, a necessidade do Governo dialogar com diferentes segmentos da sociedade angolana.

Ao discursar na abertura da II reunião ordinária da comissão política da Unita, que junta delegados das províncias da região Norte e Leste do país, Adalberto Costa Júnior precisou que com o diálogo, abrem-se oportunidades para uma Angola reconciliada e inclusiva.

Conforme o presidente da Unita, Angola possui todas as condições para ultrapassar a crise que enfrenta, apontando como solução uma aposta incisiva sobretudo na produção de culturas agrícolas tradicionais como o café, através da criação de incentivos aos produtores familiares.

 Durante a sua intervenção, o líder do maior partido da oposição exortou aos militantes e quadros do partidos a focarem as suas acções aos cidadãos, tendo em vista a transformação das suas esperanças em certeza e construção de uma Angola mais democrática e digna para os angolanos.

Numa alusão as recentes manifestações ocorridas nos dias 24 de Outubro e 11 de Novembro, realizadas por jovens, o líder político pediu diálogo por parte da Polícia Nacional em detrimento do uso da força, de modo a evitar-se actos menos abonatórios.

Quanto as autarquias locais, Adalberto Costa Júnior reafirmou o posicionamento da Unita favorável a sua realização em 2021, simultaneamente em todos os municípios.

A II Reunião Ordinária da Comissão Política da Unita tem duração de dois dias e visa discutir a situação política, económica e social do país, avaliar a vida interna do partido, discutir e aprovar o orçamento anual da organização, entre outras questões.

Sob o lema “Unita – Unidade e Acção Para a Vitória”, participam do evento 125 delegados das províncias de Malanje, Cuanza Norte, Bengo, Zaire Uíge, Cabinda, Lunda Norte, Lunda Sul e Moxico.

O início dos trabalhos da reunião foi antecedido da tomada de posse das novas presidentes provinciais da LIMA (Liga da Mulher Angolana) das regiões acima referidas.

De recordar que a jornada de trabalho de três dias do presidente da Unita à província de Malanje vai culminar com a realização de um seminário de reorientação política e metodológico dos quadros da organização, na segunda-feira (23).

Fonte: Angop

Close Menu