Um terço do total de infetados em Angola registados nos últimos 15 dias

Um terço do total de infetados em Angola registados nos últimos 15 dias

Angola contabilizou nas últimas 24 horas mais 244 casos de infeção pelo novo coronavírus, elevando o total para 8.582 infetados, um terço dos quais notificados durante os últimos 15 dias, disse hoje o secretário de Estado para a Saúde Pública.

Para Franco Mufinda, o aumento de casos está “em muito” relacionado com a não observação das medidas de prevenção.

“A comissão multissetorial recomenda vivamente que se evitem ajuntamentos populacionais, que não ultrapassem as dez pessoas, exceto aqueles absolutamente necessários e relacionados com a satisfação de necessidades básicas, devendo ser observadas as medidas de prevenção e distanciamento físico”, destacou, alertando: “um de nós poderá ser o próximo infetado”.

Dos 244 novos casos, 229 verificaram-se em Luanda, 11 em Cabinda, três no Cuanza Norte e um em Benguela, com idades entre um e 79 anos, sendo 146 de sexo masculino e 98 feminino.

Foram também contabilizados mais cinco óbitos, três homens e duas mulheres, com 29, 59, 68, 78 e 83 anos, respetivamente, bem como a recuperação de 265 pessoas.

O quadro epidemiológico revela um total de 8.582 casos, com 260 óbitos, 3305 recuperados e 5.217 ativos, sendo 9 críticos e 23 graves.

Foram analisadas nas últimas 24 horas 1.343 amostras, num acumulado de 139.016 testes.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.245 em Portugal.

Em África, há 40.493 mortos confirmados em mais de 1,6 milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Angola regista 260 óbitos e 8.582 casos, seguindo-se Cabo Verde (91 mortos e 8.122 casos), Guiné Equatorial (83 mortos e 5.074 casos), Moçambique (81 mortos e 11.559 casos), Guiné-Bissau (41 mortos e 2.403 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 935 casos).

Fonte: Lusa

Close Menu