Ministro Téte António lamenta morte do embaixador Jaime Vilinga

Ministro Téte António lamenta morte do embaixador Jaime Vilinga

O ministro das Relações Exteriores, Téte António, lamentou hoje a morte do embaixador Isaías Jaime Vilinga, ocorrida neste sábado, em Luanda, por doença.

“Foi com enorme tristeza que recebi a notícia do falecimento do embaixador Isaías Jaime Vilinga”, expressa o governante numa nota de condolências que a Angop teve acesso, onde manifesta o profundo reconhecimento pelo trabalho diplomático desenvolvido por este filho da Pátria angolana.

Neste momento difícil, “curvámo-nos perante a irreparável perda deste ilustre diplomata, e apresento à família enlutada os meus solidários sentimentos de pesar”, finaliza o chefe da diplomacia angolana.

De 81 anos de idade, Isaías Jaime Vilinga nasceu a 4 de Março de 1939, no Bailundo, província do Huambo.

Foi embaixador extraordinário e plenipotenciário de Angola em Moçambique, Grécia e no Reino da Suécia.

Jaime Vilinga foi também vice-governador da província de Benguela.

Fonte: Angop

Close Menu