Ministério da Saúde lamenta morte de médica

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Ministério da Saúde (Minsa) manifestou, neste sábado, consternação pela morte da médica Virgínia Franco, ocorrida quinta-feira vítima de doença.

Em mensagem de condolências a que a ANGOP teve acesso, o Minsa destaca tratar-se de uma profissional de refinada capacidade técnica e de liderança, com inquestionável humildade, que deu um contributo indelével no Sistema Nacional de Saúde e académica.

“Os seus feitos e exemplos estarão para sempre nas páginas dos anais da história da medicina e academia de Angola”, lê-se no documento.

Gastreonterologista de profissão, Virgínia Franco era directora clínica do Hospital Américo Boavida.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.