Angola gastou em dois anos 288 milhões de dólares para importar aparelhos de frio

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Angola gastou 288 milhões de dólares (245,2 milhões de euros), entre janeiro de 2018 e agosto deste ano, com a importação de máquinas, aparelhos de ar condicionado e aparelhos de produção de frios.

O dado foi hoje avançado pelo ministro da Indústria e do Comércio de Angola, Victor Fernandes, na cerimónia de inauguração, pelo Presidente angolano, João Lourenço, de uma fábrica de eletrodomésticos, localizada na Zona Económica Especial, em Viana, nos arredores de Luanda.

Victor Fernandes frisou que a fábrica, existente há quase duas décadas, enquadra-se na estratégia do executivo angolano do aumento da produção nacional local de vários bens e serviços, bem como na redução das importações e promoção das exportações.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.