Três mil professores serão testados quarta-feira

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Três mil professores do ensino geral serão, nesta quarta-feira (30), em Luanda, submetidos ao teste rápido serológico de covid-19, para aferir o nível de exposição do vírus Sars-Cov-2 na classe docente, numa altura que faltam apenas sete dias para o início das aulas no II ciclo do ensino secundário e superior.

Ao actualizar os dados da covid-19 das últimas 24 horas em Angola, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, fez saber que os testes aleatórios serão feitos a partir das 8h00, no Largo das Escolas, junto ao IMNE Marista, em Luanda.

Na ocasião, o também especialista em saúde pública deu a conhecer que em cada 100 pessoas testadas em Angola espera-se ter pelo menos cinco infectadas pelo vírus, o que representa uma taxa esperada de positividade de 5.4 por cento.

Quadro epidemiológico nacional

Com o diagnóstico de 79 novos casos positivos, nas últimas 24 horas, a província de Luanda continua a ser o epicentro da doença, somando um acumulado de quatro mil e 391 infectados.

Do total de casos registados em Luanda, dois mil e 570 são activos, mil e 658 recuperados e 163 pessoas morreram por covid-19 na capital do país.

A seguir vem a província do Zaire, que até ao momento notificou 116 casos, sendo 78 pessoas foram recuperadas e 47 estão em seguimento clínico.

Cabinda contabiliza 103 doentes, dos quais 101 casos activos, um recuperado e igual número de óbito.

Já Benguela soma 62 infectados, sendo 48 activos, 11 recuperados e três óbitos.

A província do Huambo tem 50 casos, registando 24 activos, igual número de recuperados e dois óbitos, enquanto o Cuanza Norte conta com 26 infectados, dos quais um activo, 24 recuperados e um óbito.

A Huíla regista um total de 18 casos (15 activos, três recuperados e um óbito) e o Bengo soma um total de oito doentes (dois activos, quatro recuperados e dois óbitos).

O Bié conta com cinco casos activos, sem o registo de nenhum recuperado e óbito. O Cuanza Sul também registou cinco doentes, sendo quatro recuperações e uma morte.

Cunene tem três casos, (dois recuperados e um activo).

Paralelamente ao Cunene, a província do Moxico também soma três infectados, mas ainda não foram recuperados.

O Cuando Cubango teve dois casos que culminaram em morte.

A Lunda Norte teve um caso que foi recuperado, igual número nas províncias de Malanje e Uíge, enquanto a Lunda Sul também regista um doente activo.

Com esse quadro estatístico, o país contabiliza um total de 4.797 infectados, dos quais 2.808 activos, 1.813 recuperados e 176 óbitos.

Desde a notificação dos dois primeiros casos positivos de covid-19 em Angola, em Março último, a província do Namibe é única, das 18 províncias do país, que ainda não registou nenhum infectado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.