Mais 137 mortos e 7.246 casos em África nas últimas 24 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

África registou, nas últimas 24 horas, mais 137 mortos e 7.246 casos de infeção por covid-19, num total de 1.444.318 infetados, informou hoje o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC).

Dados do África CDC hoje divulgados revelam que, desde o início da pandemia no continente, o número de mortos nos 55 Estados-membros da organização subiu para 35.144, mais 137 do que na sexta-feira.

Ao todo, registam-se hoje 1.444.318 infetados (mais 7.246 do que no dia anterior) e 1.192.653 recuperados (mais 8.008).

De acordo com o África CDC, a África Austral continua a registar o maior número de casos de infeção e de mortos, com 17.548 vítimas mortais num universo de 729.487 infetados.

Só na África do Sul, o país mais afetado do continente, estão registados 668.529 casos e 16.312 mortos.

O norte de África, a segunda zona mais afetada pela pandemia, tem 317.854 pessoas infetadas e 10.685 mortos e, na África Ocidental, o número de infeções é de 174.442, com 2.588 vítimas mortais.

A região da África Oriental contabiliza agora 165.119 casos e regista 3.247 vítimas mortais e, por seu lado na África Central, estão registados 57.416 casos e 1.076 óbitos.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais (a seguir à África do Sul) regista 5.853 mortos e 102.625 infetados, e Marrocos contabiliza 1.998 mortos e 112.522 casos.

A Argélia surge logo a seguir, com 50.757 casos de infeção registados e mais de duas mil vítimas mortais (2.007).

Entre os seis países com mais afetados estão também a Nigéria, com 58.062 infetados e 1.103 mortos, e a Etiópia 72.173 casos, com 1.155 vítimas mortais.

Já no que toca aos países africanos de língua oficial portuguesa, Angola lidera em número de mortos e Moçambique em número de casos.

Angola regista 167 mortos e 4.590 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 vítimas mortais e 5.018 infetados), Cabo Verde (55 mortos e 5.628 casos) e Moçambique (53 óbitos e 7.589 infetados).

A Guiné-Bissau mantém os 39 mortos e o número de infetados (2.324).

Já São Tomé e Príncipe mantém 15 mortos, mas vê o número de casos subir ligeiramente para 911.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 984.068 mortos e cerca de 32,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Para todo o tipo de comunicação, utilizar os seguintes contactos:

Designed by nzaylakasesa,lda.