Estudo revela impactos secundários “impressionantes” da pandemia em África

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A covid-19 está a ter “impactos secundários impressionantes” em África, conclui um estudo divulgado hoje e que revela perda significativa de rendimentos, insegurança alimentar e perturbações graves no acesso a cuidados de saúde para outras doenças.

A resposta à pandemia de covid-19 está a impedir o acesso das populações a serviços de saúde para outras doenças, a paralisar programas de tratamento de doenças como o HIV/sida ou a tuberculose e a ameaçar a escassa mão-de-obra no setor da saúde, aponta a mesma análise.

Tratamentos da malária (15%), doenças cardiovasculares (8%), diabetes (5%) cuidados pré-natais (5%), cuidados pediátricos a menores de 5 anos (5%) e vacinação (4%) foram os programas de saúde mais afetados nos seis meses que decorreram entre o início da pandemia e a data da realização dos inquéritos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.