Tribunal ordena penhora do escritório-sede da Chevron em Cabinda

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Tribunal Provincial de Cabinda ordenou, nesta terça-feira (22), a penhora do edifício sede da multinacional Chevron na província, na sequencia de uma disputa judicial que opunha a petrolífera americana um antigo trabalhador, informou a Voz da América (VOA).

De acordo a uma reportagem da rádio, “o despacho do tribunal e da Juíza da causa, Catarina Massanga, a Chevron dispunha de 10 dias, depois de ter sido notificada de um processo de execução, para pagar um valor de cerca 400 mil dólares americanos a Fortunato Ismael Songo ou nomear bens à penhora, decorrente de um conflito laboral”.

“Por não ter respeitado a decisão, tribunal devolveu ao trabalhador o direito de nomear bens que culminou com a indicação e consequente penhora do edifício-sede da multinacional americana em Cabinda”, reportou à VOA.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.