Polícia do Canadá faz operação de busca por carta envenenada enviada a Trump

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A operação, realizada a pedido do FBI, ocorreu após a prisão de uma mulher que tentava entrar nos Estados Unidos vinda do Canadá, disse um porta-voz da Royal Canadian Mounted Police (RCMP).

A mulher, que carregava uma arma de fogo quando foi presa, deve comparecer a um tribunal dos Estados Unidos nesta segunda-feira para enfrentar acusações federais.

Uma unidade especializada em ameaças químicas, biológicas, explosivas e nucleares da RCMP realizou a operação em Longueuil, no sul de Montreal, disse a polícia canadense, que não quis detalhar se a casa era propriedade da suspeita.

O veneno da carta seria a ricina segundo a CNN, uma toxina extraída da mamona e letal mesmo em doses mínimas se ingerida, cheirada ou injetada, desmoronando os órgãos.

A carta foi descoberta na semana passada e não chegou à Casa Branca, informaram o The New York Times e a CNN.

A correspondência endereçada à Casa Branca deve primeiro ser inspecionada e armazenada em depósitos fora de Washington.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.