Ao menos 12 civis e um soldado mortos na RDC

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Doze civis e um soldado foram mortos no domingo à noite em uma área chamada de “triângulo da morte” no leste da República Democrática do Congo (RDC), em um ataque atribuído às Forças Democráticas Aliadas (ADF), um grupo armado que atua na região, informou nesta segunda-feira uma autoridade local.

“O responsável pela área nos comunicou a morte de 12 civis”, disse à AFP Donat Kibwana, administrador do território de Beni, na província de Kivu do Norte.

Horas antes, o mesmo responsável havia denunciado a morte de 10 civis e um militar.

“Ontem à noite (de domingo para segunda-feira), o inimigo entrou a partir da zona leste. Chegou a 400 m da prefeitura do setor de Mbau, onde matou 10 civis e um militar”, disse.

“O inimigo são as ADF”, apontou, acrescentando que “outras três pessoas ficaram feridas e várias (estão) desaparecidas”.

A área conhecida como “triângulo da morte” está localizada na província de Kivu do Norte, perto de Uganda, onde as mortes de 570 civis são atribuídas às FAD desde novembro de 2019, segundo especialistas.

As ADF, originalmente rebeldes muçulmanos de Uganda, são um dos grupos armados mais mortíferos entre as dezenas de forças que desestabilizam o leste do país.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.