Países mais desenvolvidos da CPLP devem ser solidários com os outros – Vice-PM de Cabo Verde

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O vice-primeiro-ministro de Cabo Verde, Olavo Correia, defendeu hoje que os países mais desenvolvidos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) devem ser solidários e ajudar os que têm mais dificuldades.

“No âmbito da CPLP, desejo que sejamos solidários, que os países mais desenvolvidos e com mais capacidades ao nível da CPLP possam colocar à disposição dos outros um conjunto de instrumentos e apoios para mitigar os efeitos económicos e sociais que impendem sobre os nossos países pequenos, insulares e pouco desenvolvidos”, disse Olavo Correia durante a intervenção por videoconferência durante a sessão de apresentação pública do livro que reúne as comunicações do primeiro Fórum dos Economistas das Cidades de Língua Portuguesa, e que decorreu hoje em Lisboa.

“Estamos todos perante o desafio das nossas vidas, não só no campo biológico e epidemiológico, mas também nos palcos económico e social”, acrescentou o vice-primeiro-ministro de Cabo Verde, que disse ser um dos países mais afetados no mundo pela pandemia da covid-19.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.