Unitel e Huawei proporcionam acesso gratuito à internet nas escolas públicas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Huawei Angola vai investir 60 milhões de dólares para a construção da sua sede, para formação e promoção da educação digital aos estudantes das escolas públicas em todo país, em parceria com a operadora de telefonia móvel Unitel.

O referido programa, que terá as províncias do Bié e do Huambo em experiência piloto, foi apresentado durante a assinatura de um memorando em que foram signatários pela Unitel a directora-geral para os assuntos corporativos da empresa, Eunice de Carvalho, e pelo presidente da Comissão Executiva (Deuty CEO) da Huawei Angola, Liuhongzhen Michael.

O memorando, que terá duração de dois anos renováveis por igual período, desde que haja interesse das duas partes, a Huawei vai fornecer equipamentos e soluções tecnológicas e a Unitel vai fornecer a internet e conectividade às escolas.

Neste primeiro momento, 480 crianças do ano lectivo 2021 serão beneficiárias, com a entrega de alguns equipamentos, designadamente 480 tabletes para os alunos, 50 computadores de mesa para os professores e 50 projectores para as salas de aula.

Eunice de Carvalho considerou que este programa vai promover o hábito pela pesquisa académica junto dos estudantes, que através deste meio serão estimulados para a sua utilização como ferramenta de comunicação e interacção social.

“O terceiro componente neste projecto é o Ministério da Educação, por parte do Executivo, e nesta primeira fase serão os estudantes da 4ª, 5ª e 6ª classes. Mas a intenção é que a partir da primeira classe se começa a aprender com o uso das tecnologias”, explicou.

Sem avançar o valor do investimento, Eunice de Carvalho disse que só a formação dos professores durante um ano ronda os cem mil dólares e a medida que as condições permitirem outras escolas das demais províncias do país serão abrangidas.  

Por seu lado, o também membro da Comissão Executiva (CEO) da Huawei, Edric Chu, referiu que a empresa vai investir estes 60 milhões de dólares na construção da sua nova sede em Luanda, incluindo um centro de formação e outro de inovação, bem como um centro de experiências.

Com este acordo, acrescentou, a Huawei vai trazer para Angola tecnologias e soluções mais avançadas, desenvolver plataformas para áreas de pesquisa e desenvolvimento nos diversos segmentos do país. Os referidos centros estarão prontos no final da 2021.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.