Trump admite vender F-35 aos Emirados apesar da oposição de Israel

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Presidente dos EUA, Donald Trump, disse hoje que não terá “qualquer problema” em vender caças F-35 aos Emirados Árabes Unidos (EAU), apesar da oposição de Israel, no dia em que estes dois países restabelecem as suas relações.

Israel e os Emirados anunciaram em 13 de agosto terem alcançado um acordo, que será assinado hoje sob a égide dos Estados Unidos, que torna o país do Golfo o terceiro Estado árabe a reconhecer o Estado hebreu, depois do Egito e da Jordânia, antes da inclusão neste lote do Bahrein, que na semana passada anunciou idêntico gesto.

Mas, poucas semanas depois do acordo entre Israel e os Emirados Árabes Unidos surgiu o primeiro problema, com Israel a manifestar-se contrário às intenções dos EAU de comprar caças militares aos Estados Unidos.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, alegou a necessidade de o seu país manter a supremacia militar na região, para se opor à compra dos aviões militares por parte dos Emirados.

Hoje, Trump esclareceu que não se oporá a este negócio, apesar da oposição de Israel.

“Pessoalmente, não terei qualquer problema com isso. Não terei qualquer problema em vender-lhes F-35”, disse o Presidente norte-americano, durante uma entrevista à estação televisiva Fox News, três horas antes da assinatura do acordo entre Israel e os Emirados.

Trump alega a importância deste negócio para os EUA, salientando o número de postos de trabalho que ele permitirá.

Contudo, na semana passada, o conselheiro e genro de Trump, Jared Kushner, admitiu que a venda ainda estava a ser alvo de análise.

“É um tema que ainda estamos a discutir, em fase de consulta”, disse Kushner, garantindo que os EUA sempre respeitarão a superioridade militar de Israel.

“Mas os Emirados Árabes Unidos são um grande aliado do exército dos Estados Unidos”, acrescentou Kushner, lembrando que o país hebraico é uma peça importante para responder às ameaças do Irão, no Médio Oriente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.