Governo reitera obrigatoriedade do uso da máscara na via pública e para taxistas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O uso de máscaras faciais em locais públicos e para taxistas continua a ser obrigatório no país, reafirmou, esta quarta-feira, em Luanda, o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.

Conforme o governante, que falava na sessão de actualização de dados sobre a Covid-19, é obrigatório usar máscara na via pública, em locais fechados, mercados e em transportes colectivos públicos e privados de passageiros. “Os taxistas são obrigados a usar a máscara mesmo que o motorista esteja sozinho porque a qualquer momento pode entrar um passageiro na viatura”, disse Adão de Almeida.

Afirmou que se mantêm válidas as medidas de prevenção e combate implementadas para fazer face à Covid-19, ao abrigo da Situação de Calamidade Pública.

Segundo o novo Decreto Presidencial sobre a Situação de Calamidade Pública, o não uso de máscara em locais públicos e transportes colectivos públicos e privados de passageiros é punível com multa de cinco a 10 mil kwanzas.

Entretanto, ao abrigo do novo diploma, deixa de haver a obrigatoriedade do uso de máscara facial em viaturas particulares.

Dados do Governo reportados esta quarta-feira dão conta de que Angola contabiliza 3.092 casos positivos, 126 óbitos, 1.245 recuperados e 1.716 activos de Covid-19, desde Março último.

Dos activos, três estão críticos, com ventilação mecânica invasiva, 24 graves, 46 moderados e 48 apresentam sintomas leves, enquanto os outros 1.600 são assintomáticos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.