Adão de Almeida ressalta empenho do Executivo no combate à Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, afirmou, esta quinta-feira, que o Executivo está a fazer um investimento de vulto no sector da saúde para evitar, o máximo possível, que a Covid-19 se propague no país.

Adão de Almeida falava à imprensa, após inaugurar o Centro de Diagnóstico Laboratorial de Viana, com capacidade para processar seis mil amostras por dia, em representação do Presidente da República, João Lourenço.

Trata-se do maior laboratório de biologia molecular e serologia do país, equipado com tecnologia de ponta, com capacidade para realizar três mil testes de “RPCR” e igual número de “Elisa”, perfazendo um total de seis mil amostras diárias.

Segundo o governante, a entrada em funcionamento deste laboratório representa o empenho e dedicação de todos, naquilo que são as tarefas principais, neste momento, que é tomar todas as medidas para preservar o máximo possível a vida dos angolanos.

Adiantou que muitos desses investimentos que estão a ser feitos agora servirão, para o futuro, em outras valências.

Notou que, para quem há poucos mais de seis meses tinha uma capacidade de processamento de pouco mais de 90 testes diários, “vê-se claramente evolução de tudo fazer para salvaguardar a vida das pessoas”.

“Este é o primeiro de mais três laboratórios que ai vêm e, com isso, vamos fechar o quadro na perspectiva de reforçar substancialmente a capacidade de processamento de amostras ao nível do país”, vincou.

Segundo o ministro de Estado, com a perspectiva do trabalho que o Governo tem que fazer para o reinício das aulas, é necessário aumentar a capacidade de processamento para abranger também o segmento da actividade lectiva, incluindo os professores.

“De tal modo que cada um desses passos que pretendemos dar, vamos fazê-lo com o máximo de segurança e tranquilidade possível”, disse Adão de Almeida.

Elogiou, também, a participação directa na instalação desse laboratório do angolano, bolseiro na China, Valdemar Rodrigues Augusto Tchipenhe, através da empresa BGI, líder mundial em diagnóstico e equipamentos de biologia molecular e análises serologicas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.