Luanda lidera gráfico epidemiológico nacional

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A província de Luanda lidera o gráfico epidemiológico nacional, com um acumulado de mil e 461 doentes activos, mil e 185 recuperados e 116 óbitos.

Das 18 províncias do país, apenas o Cuando Cubango e o Namibe ainda não registaram nenhum caso de Covid-19.

Com apenas o Icolo e Bengo, dos nove municípios da capital angolana, livre da Covid-19, o município de Luanda (constituído pelos distritos urbanos da Maianga, Samba, Ingombota e Sambizanga) concentra 438 casos positivos (30 por cento do total de doentes) seguido do Belas s, com 205 casos positivos (14 por cento), enquanto Viana soma 190 doentes (13%).

Ainda em Luanda, o município de Cacuaco surge com 73 casos (cinco por cento).

Conforme o quadro epidemiológico, a província do Zaire soma 104 casos positivos activos, sendo 103 no município do Soyo e um em Mbanza Congo, enquanto Cabinda aparece em terceiro lugar, com um acumulado de 58 casos positivos (57 activos e um recuperado).

O Cuanza Norte (município do Cazengo) soma 21 casos positivos, com 14 recuperados, seis activos e um óbito, enquanto Benguela regista 10 infectados (cinco activos, quatro recuperados e um óbito).

Com sete infectados, dos quais dois activos, quatro recuperados e um óbito, a província do Bengo ocupado o quarto lugar do gráfico, que tem na quinta posição o Cuanza Sul, com quatro casos (dois recuperados, um activo e um óbito).

Já o Cunene, com três casos positivos (todos recuperados), ocupa o sexto lugar da tabela, que tem o Moxico na sétima posição, com três casos activos, Huíla, na oitava, com dois casos (já recuperados), Huambo, em nono, com dois activos, e Bié, na décima posição, com dois activos.

Com um caso activo cada estão às províncias da Lunda Sul, Malanje, Uíge e Lunda Norte, os dois últimos com os pacientes recuperados.

O país conta com 2.981 casos positivos, dos quais 120 óbitos, 1.215 recuperados e 1.646 activos.

Dos casos activos, quatro estão em estado crítico com ventilação mecânica invasiva, 19 graves, 48 moderados, 44 com sintomas leves e 1.531 assintomáticos.

Entre os casos activos, 375 estão internados nos centros de tratamento espalhados no país.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.