África com mais 236 mortos em 24 horas para total de 30.832

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

África registou 236 mortos devido à covid-19, nas últimas 24 horas, passando a um total de 30.832, em 1.284.261 casos de infeção, de acordo com os números mais recentes da pandemia no continente.

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas registaram-se, nos 55 Estados-membros da organização, mais 8.446 casos e houve mais 8.192 recuperados.

No total, o continente soma 1.284.261 casos de infeção e 1.024.057 doentes já recuperaram, havendo assim 260.204 casos ativos, mais 254 nas últimas 24 horas.

O maior número de casos e mortos continua a registar-se na África Austral, com 683.278 infeções e 15.710 mortos. Só a África do Sul, o país mais afetado do continente, contabiliza 635.078 casos e 14.678 vítimas mortais.

O norte de África, a segunda zona mais afetada pela pandemia, tem agora 242.078 pessoas infetadas e 8.837 mortos e, na África Ocidental, o número de infeções subiu para 163.162 e o de vítimas mortais para 2.453.

Na região da África Oriental, o número de casos de covid-19 é de 140.467 e 2.785 mortos, e na África Central estão contabilizados 55.276 casos e 1.047 óbitos.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 5.495 mortos e 99.582 casos, seguindo-se a Argélia, com 1.539 mortos e 45.773 casos.

Marrocos contabiliza 68.605 infetados e 1.292 vítimas mortais.

Nos seis países mais afetados estão também a Nigéria, com 54.743 infetados e 1.051 mortos, e a Etiópia, onde estão registados 56.516 infetados e 880 mortos.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e a Guiné Equatorial em número de casos.

Angola regista 115 mortos e 2.876 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 mortos e 4.965 casos), Cabo Verde (41 mortos e 4.200 casos), Guiné-Bissau (38 mortos e 2.245 casos), Moçambique (26 mortos e 4.265 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 896 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito em 14 de fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 869.718 mortos e infetou mais de 26,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.