Dívida pública dos EUA superará 100% do PIB em 2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A dívida pública dos Estados Unidos excederá o tamanho da economia do país no ano fiscal de 2021, indicou o Congressional Budget Services (CBO), serviço de orçamentos do Congresso, nesta quarta-feira, que também projeta um déficit fiscal recorde.

O CBO apontou em comunicado que a dívida deve atingir o equivalente a 98% do Produto Interno Bruto neste ano e ultrapassar 100% do PIB em 2021, enquanto em 2023 subiria para 107%, “o nível mais alto na história do país”.

O CBO projeta um déficit fiscal de 3,3 trilhões de dólares em 2020, “mais que o triplo do déficit registado em 2019, principalmente devido aos distúrbios económicos causados pela pandemia do coronavírus” e o gigantesco plano de ajuda à economia implantado pelo autoridades.

Em março, o Congresso votou a lei “Cares”, que desbloqueou 2,2 trilhões de dólares em ajuda para famílias e empresas atingidas pela pandemia.

Outro plano de ajuda de cerca de 500 bilhões de dólares foi implementado no final de abril.

Agora, os líderes democratas e republicanos buscam um acordo para um novo plano de ajuda que consideram necessário, mas não conseguem encontrar um consenso.

Nas últimas semanas, o crescimento da dívida pública apareceu nos debates no Congresso ao avaliar o montante de ajuda que o governo pode se dar ao luxo de agregar ao que já foi entregue.

Reduzir o valor do passivo dos Estados Unidos não foi uma prioridade do Legislativo nos últimos anos, o que facilitou a aprovação de fortes pacotes de ajuda quando estourou a crise do coronavírus.

Atualmente, os democratas propõem um novo pacote de 2,2 trilhões de dólares e a Casa Branca quer limitá-lo a um trilhão.

Em janeiro, o CBO já havia alertado para uma dívida que segue uma trajetória de expansão exponencial.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.