Berlim em contacto com Moscovo para resolver “caso humanitário urgente”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Governo da Alemanha está “em contacto” com as autoridades da Rússia para encontrar uma resposta para o “caso humanitário urgente” do dirigente opositor russo Alexei Navalny, hospitalizado em estado grave na Sibéria, disse hoje uma porta-voz.

“Estamos desde já em contacto com as autoridades russas para contribuir para uma solução profissional e transparente deste caso humanitário urgente”, disse uma porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros alemão, Maria Adebahr.

Uma organização não-governamental (ONG) alemã enviou um avião medicalizado para a Sibéria ocidental para levar Navalny para tratamento médico em Berlim.

“Estamos prontos, se for essa a vontade [dos colaboradores e familiares], para lhe prestar os cuidados médicos necessários em hospitais alemães”, disse por seu lado o porta-voz do governo, Steffen Seibert, precisando que, até ao momento, o assunto não foi abordado entre a chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente russo, Vladimir Putin.

A Alemanha considera “compreensível” que as pessoas que acompanham Navalny queiram que os seus médicos o examinem.

Alexei Navalny está internado numa unidade de cuidados intensivos, em coma e ligado a um ventilador, depois de se ter sentido mal durante um voo, o que a sua equipa suspeita ter sido causado por envenenamento.

Uma assessora do opositor russo denunciou hoje que o hospital recusa autorizar a sua transferência para a Alemanha e que os médicos russos asseguram não ter encontrado “nenhum veneno” no sangue ou na urina de Navalny.

A ONG alemã “Cinema for Peace” fretou um avião medicalizado que aterrou durante a noite em Omsk, na Sibéria ocidental, para transportar o opositor para Berlim.

Seibert escusou-se a comentar as alegações de que Navalny terá sido envenenado, limitando-se a afirmar que “a suspeita de envenenamento foi referida”.

França e Alemanha disponibilizaram-se na quinta-feira ajuda médica para receber o líder da oposição russa para que lhe seja prestada assistência médica ou para um eventual asilo político.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.