Trump apoia eventual oferta da Oracle para comprar TikTok

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apoia uma eventual oferta de compra do aplicativo chinês de vídeos curtos TikTok pela Oracle.

Segundo a agência Bloomberg, o grupo Oracle, cujo presidente Larry Ellison arrecadou milhões de dólares para a campanha de Trump, estaria interessado em comprar as atividades do TikTok nos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

O grupo americano, procurado na terça-feira pela AFP, não comentou a informação.

Ao responder perguntas após um discurso no Arizona nesta terça, Trump declarou: “Acredito que a Oracle é uma grande empresa e acho que seu dono é um cara legal. É uma grande pessoa. Acho que a Oracle seria certamente capaz de administrá-lo”.

Ao ser consultado sobre sua preferência para a compra do TikTok, o presidente disse somente que o eventual comprador deve “garantir que Estados Unidos seja bem compensado”.

O aplicativo de vídeos já está em negociações de compra com a Microsoft.

O governo Trump deu 90 dias ao proprietário chinês de TikTok, ByteDance, para vender as operações americanas da rede social, sob ameaça de bloqueá-la nos Estados Unidos, afirmando problemas de segurança nacional.

O presidente acusa há meses, sem fornecer provas, a plataforma chinesa de coletar dados de seus usuários americanos para benefício do governo chinês.

O TikTok reforçou na segunda-feira sua campanha de comunicação com um novo site e uma conta no Twitter dedicadas a combater os “rumores” sobre a rede.

“O TikTok não está disponível na China. Os dados dos usuários americanos são guardados em Virgínia e copiados em Singapura”, garante a empresa. “O TikTok nunca forneceu nenhum dado americano ao governo chinês e não o faria se pedissem”, acrescentou.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.