Estados Unidos com mais 1.120 mortos e 52.549 casos nas últimas 24 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os Estados Unidos registaram nas últimas 24 horas mais 1.120 mortes causadas pela covid-19, além de 52.549 novos casos, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins.

A contagem desde o início da pandemia eleva-se agora para 5.244.238 infeções, além de 167.029 óbitos, segundo os números contabilizados pela universidade norte-americana, sediada em Baltimore (leste), até às 20:00 de quinta-feira.

Embora Nova Iorque já não seja o estado com o maior número de infeções, continua a ser o que contabiliza mais mortes (32.805), um número superior ao de países como França ou Espanha.

Só na cidade de Nova Iorque morreram 23.610 pessoas.

Seguem-se Nova Jersey, com 15.893 mortes, Califórnia, com 10.813, Texas, com 9.771, e Florida, com 8.913.

Outros estados com elevado número de mortes incluem Massachusetts (8.751), Illinois (7.904), Pensilvânia (7.395), e Michigan (6.554).

Em termos de infeções, a Califórnia registou 594.810, desde o início da pandemia, seguida da Florida, com 557.137, do Texas, com 530.639, e de Nova Iorque, com 423.440.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos e mais casos de infeção confirmados.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 750 mil mortos e infetou quase 21 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.