30 funcionários de uma petrolífera em Angola infetados

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Trinta funcionários da plataforma petrolífera do Bloco 3 estão infectados pela Covid-19, sendo que, nas próximas 48 horas, será feita a evacuação segura dos demais integrantes deste bloco, informou esta quarta-feira, em Luanda, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

Em mais uma sessão de actualização de dados da Covid-19 no país, Franco Mufinda esclareceu que os referidos trabalhadores infectados fazem parte dos 100 casos divulgados no último domingo (dia 9) e já estão a receber os devidos cuidados médicos em Luanda.

Sublinhou também que já foram tomadas as devidas medidas de saúde pública, centradas no rastreio e testagem dos contactos dos respectivos casos positivos, assim como a desinfecção da respectiva plataforma.

Acrescentou que o diagnóstico desses trabalhadores, que funcionam em regime de rotação, resultou de um estudo epidemiológico realizado em torno dos 100 casos registados no último domingo.

Segundo o secretário de Estado,  para a retirada segura dos funcionários infectados na plataforma foi necessário mobilizar as equipas de saúde pública dos ministérios da Saúde e dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, bem como da empresa petrolífera angolana Sonangol.

Com a confirmação de 27 novos casos positivos e dois recuperados, nas últimas 24 horas, Angola soma um total de mil e 762 infectados, dos quais 577 pessoas recuperaram da doença, mil e 105 são activos e 80 cidadãos perderam a vida.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.