Moçambique regista 41 novos casos e sobe total para 2.120

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Moçambique registou mais 41 novos casos positivos de covid-19, nas últimas 24 horas, elevando o total para 2.120, mantendo-se com 15 óbitos, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

“Os casos positivos que anunciamos hoje são de nacionalidade moçambicana”, disse a diretora de Saúde Pública, Rosa Marlene, na atualização de dados sobre a pandemia no Ministério da Saúde, em Maputo.

Os novos casos foram registados em cinco províncias do país, nomeadamente Maputo (06), Cabo Delgado (04), Zambézia (01), Inhambane (03) e Maputo Cidade (27).

“Todos os casos encontram-se em isolamento domiciliar e decorre, neste momento, a identificação dos seus contactos”, avançou Rosa Marlene.

O país registou um total de 1.940 casos de transmissão local e 180 importados, havendo 15 óbitos, 11 internados e 795 recuperados, indicam as autoridades de saúde.

A maioria dos casos ativos estão na cidade e província de Maputo, com 399 e 264 pessoas infetadas, respetivamente, seguida de Cabo Delgado, com 249, e Nampula, com 201 casos.

As restantes sete províncias do país registam menos de 60 casos.

Moçambique realizou 65.151 testes de casos suspeitos, desde o anúncio do primeiro caso de covid-19 em 22 de março, tendo rastreado mais de 1.6 milhões de pessoas.

Um total de 26.193 pessoas suspeitas de infeção foram colocadas em quarentena domiciliária e 3.256 continuam a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde.

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, decretou, na quarta-feira, um novo estado de emergência por 30 dias a partir de sábado, na sequência da pandemia de covid-19, prevendo durante este período o reinício faseado das atividades económicas do país.

Entre outras restrições, o novo estado de emergência mantém limitações quanto a ajuntamentos, interdição de eventos e espaços de diversão, e obrigatoriedade de uso de máscara.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 708 mil mortos e infetou mais de 18,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.