Doença matou mais de 694 mil pessoas e infetou mais de 18,3 milhões

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A pandemia de covid-19 já matou pelo menos 694.507 pessoas em todo o mundo desde que o vírus foi detetado na China, em dezembro, refere o último balanço feito pela Agência France-Presse (AFP) com base em dados oficiais.

Mais de 18.324.580 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios, dos quais pelo menos 10.707.500 já foram considerados curados.

O número de casos diagnosticados só reflete, no entanto, uma fração do número real de infeções, já que alguns países testam apenas casos graves, outros fazem os testes para rastreio e muitos países mais pobres têm uma capacidade limitada de fazer testes.

Na segunda-feira foram registadas 4.309 mortes e 207.124 novos casos da doença em todo o mundo, sendo que os países que mais vítimas mortais contabilizaram nos seus últimos relatórios foram a Índia, com 803 novos casos, o Brasil (561) e os Estados Unidos (532).

Os Estados Unidos são o país mais afetado tanto em termos de vítimas mortais como de infeções, com 155.471 mortes e 4.717.716 casos, segundo a Universidade Johns Hopkins. Pelo menos 1.513.446 pessoas foram declaradas curadas no país.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil, com 94.665 mortos e 2.750.318 casos, o México, com 48.012 mortos e 443.813 casos de infeção, o Reino Unido, com 46.210 mortos e 305.623 casos, e a Índia, com 38.938 óbitos e 1.855.745 casos de infeção.

Entre os países mais atingidos, a Bélgica é a que apresenta o maior número de mortes em relação à sua população, com 85 mortes por cada 100.000 habitantes, seguida do Reino Unido (68), de Espanha (61), do Peru (60) e da Itália (59).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau) contabiliza oficialmente um total de 84.464 casos (36 novos nas últimas 24 horas), incluindo 4.634 mortes e 79.030 recuperados.

A Europa totalizava, às 12:00 de hoje, 211.145 mortes e 3.233.151 casos, enquanto a América Latina e as Caraíbas registavam 203.726 óbitos (5.032.028 casos).

Os Estados Unidos e o Canadá contabilizavam 164.453 mortes (4.834.723 casos) e na Ásia somavam-se 65.970 óbitos (3.048.933 casos).

O Médio Oriente contabilizava 28.320 mortes (1.185.167 casos), África 20.629 óbitos (970.097 casos) e Oceânia 264 mortes (20.489 casos).

Esta avaliação foi realizada usando dados recolhidos pela AFP junto das autoridades nacionais de saúde e com informações da Organização Mundial da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.