Zaire e Moxico registam os primeiros casos com um total 39 nas últimas 24 horas

Zaire e Moxico registam os primeiros casos com um total 39 nas últimas 24 horas

As províncias do Zaire e Moxico registaram os seus primeiros casos de contaminação com o novo coronavírus, sendo Soyo com 4 casos e Luena com 1, entram assim para o quadro das províncias com registo de casos positivos que conta já com 10 províncias sendo Luanda, Bengo, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Cunene, Lunda Norte, Cabinda, Uíge, Moxico e Zaire.

Luanda a capital continua a ser o epicentro da pandemia com um registo, nas últimas 24 horas, 34 novos casos.

Sendo assim, o somatório dos casos registados nas últimas 24 horas, é de 39 casos, sendo 28 do sexo masculino e 11 do sexo feminino, segundo informou o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, na habitual conferência de imprensa para atualização dos dados sobre a covid-19.

Na província de Luanda as áreas mais afetadas foram Rangel, Ingombota, Cacuaco, Talatona e Maianga. Enquanto que o caso da província do Moxico, é importado e trata-se de um indivíduo do sexo masculino de 37 anos “que esteve em quarente institucional em Luanda há 7 dias”, informou o governante.

Franco Mufinda informou igualmente que um paciente foi a óbito, “tratava-se de um doente crítico do sexo feminino de 62 de anos de idade que estava internada no Hospital Militar e por complicações de hipertensão arterial desenvolveu um quadro respiratório agudo grave, nesta altura foi testada e o teste foi positivo, infelizmente teve uma evolução súbita que culminou em óbito”.

O responsável referiu que os casos do Soyo estão relacionados com os trabalhadores da base do kwanda e que as medidas de saúde pública estão a ser tomadas pelo governo provincial, pela comissão provincial para o combate da covid-19, pelo gabinete provincial de saúde do Zaire e das autoridades sanitárias da Angola LNG, “portanto, há um conjunto de medidas a volta destes casos que já estão implementadas”, reforçou.

“Há também um trabalho de rastreio que foi feito no seio dos trabalhadores com a testagem de pouco mais de 800 trabalhadores”, disse.

Os casos positivos do Soyo já foram isolados e amanhã dia 1 de agosto, parte uma delegação do ministério da Saúde, chefiada pelo próprio Franco Mufinda, para supervisionar a implementação das medidas e reforço da capacidade local.

No total, o país conta agora com  1.144 casos positivos (+39), 52 óbitos (+1),  437 recuperados (+38) e 659 ativos (-4).

A nível global, a pandemia provocada pela covid-19 provocou a morte de pelo menos 673.909 pessoas e infetou 17.352.910 em todo o mundo, segundo o último balanço feito pela Agência France-Presse (AFP)com base em dados oficiais.

Close Menu