Zaire e Moxico registam os primeiros casos com um total 39 nas últimas 24 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

As províncias do Zaire e Moxico registaram os seus primeiros casos de contaminação com o novo coronavírus, sendo Soyo com 4 casos e Luena com 1, entram assim para o quadro das províncias com registo de casos positivos que conta já com 10 províncias sendo Luanda, Bengo, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Cunene, Lunda Norte, Cabinda, Uíge, Moxico e Zaire.

Luanda a capital continua a ser o epicentro da pandemia com um registo, nas últimas 24 horas, 34 novos casos.

Sendo assim, o somatório dos casos registados nas últimas 24 horas, é de 39 casos, sendo 28 do sexo masculino e 11 do sexo feminino, segundo informou o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, na habitual conferência de imprensa para atualização dos dados sobre a covid-19.

Na província de Luanda as áreas mais afetadas foram Rangel, Ingombota, Cacuaco, Talatona e Maianga. Enquanto que o caso da província do Moxico, é importado e trata-se de um indivíduo do sexo masculino de 37 anos “que esteve em quarente institucional em Luanda há 7 dias”, informou o governante.

Franco Mufinda informou igualmente que um paciente foi a óbito, “tratava-se de um doente crítico do sexo feminino de 62 de anos de idade que estava internada no Hospital Militar e por complicações de hipertensão arterial desenvolveu um quadro respiratório agudo grave, nesta altura foi testada e o teste foi positivo, infelizmente teve uma evolução súbita que culminou em óbito”.

O responsável referiu que os casos do Soyo estão relacionados com os trabalhadores da base do kwanda e que as medidas de saúde pública estão a ser tomadas pelo governo provincial, pela comissão provincial para o combate da covid-19, pelo gabinete provincial de saúde do Zaire e das autoridades sanitárias da Angola LNG, “portanto, há um conjunto de medidas a volta destes casos que já estão implementadas”, reforçou.

“Há também um trabalho de rastreio que foi feito no seio dos trabalhadores com a testagem de pouco mais de 800 trabalhadores”, disse.

Os casos positivos do Soyo já foram isolados e amanhã dia 1 de agosto, parte uma delegação do ministério da Saúde, chefiada pelo próprio Franco Mufinda, para supervisionar a implementação das medidas e reforço da capacidade local.

No total, o país conta agora com  1.144 casos positivos (+39), 52 óbitos (+1),  437 recuperados (+38) e 659 ativos (-4).

A nível global, a pandemia provocada pela covid-19 provocou a morte de pelo menos 673.909 pessoas e infetou 17.352.910 em todo o mundo, segundo o último balanço feito pela Agência France-Presse (AFP)com base em dados oficiais.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.