Angolano salva Vitória de Setúbal da “queda”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Após sequência de 12 jogos sem vencer e em risco de descida de divisão, o técnico angolano Lito Vidigal cumpriu com o objectivo pelo qual foi contratado em Junho último, manter o Vitória de Setúbal na primeira liga portuguesa de futebol.

Domingo foi um dia memorável para o conjunto. Após triunfo em sua casa, no Estádio Bonfim, diante do Belenenses, por 2-0, com golos de Jubal Rocha e Bruno Pires, o Vitória de Setúbal carimbou a permanência na também denominada “Liga Nos”.

Com o resultado, a equipa chegou aos 34 pontos, classificando-se na 16ª posição.

Assim, descem de divisão o Portimonense (17º colocado com 33 pontos) e o Aves (18º/17 pts).

A prova foi ganha pelo FC do Porto com 82 pontos, contra 77 do Sport Lisboa e Benfica, na segunda posição.

Envolto em maus resultados, Lito Vidigal orientou a equipa nas últimas quatro jornadas, sendo o quarto treinador na época de 2019/20. Sandro Mendes esteve entre a primeira e oitava jornada, Albert Meyong entre a nona e 11.ª, e Júlio Velázquez fê-lo entre a 12.ª e 29.ª ronda.

De 50 anos de idade, o antigo técnico da selecção nacional assume o comando da colectividade de Setúbal pela segunda vez. Em 2018/19, o treinador foi substituído por Sandro Mendes, após a 18.ª jornada com um saldo de cinco triunfos, quatro empates e nove derrotas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.