EUA acusa Rússia de testar arma antissatélites

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os Estados Unidos acusaram a Rússia nesta quinta-feira (23) de testar uma arma que poderia ser usada para destruir satélites no espaço e se mostraram preocupados com uma ameaça considerada “real, séria e crescente”.

A Força Especial americana “tem provas” de que Moscovo “realizou um teste não destrutivo com uma arma antissatélite do espaço” em 15 de julho, informou em um comunicado.

“O teste da semana passada é um novo exemplo de que as ameaças contra as instalações espaciais dos Estados Unidos e seus aliados são reais, sérias e crescentes”, acrescentou a Força Espacial.

“É inaceitável”, tuitou o negociador americano para o desarmamento, Marshall Billingslea, que afirmou que ia abordar este “grave problema” na próxima semana em Viena, durante conversas para substituir o tratado bilateral New Start sobre a limitação do número de ogivas nucleares nos Estados Unidos e na Rússia.

O sistema usado na prova da semana passada é o mesmo sobre o qual a Força Espacial americana alertou há meses, quando a Rússia se aproximou de um satélite do governo americano, declarou o general Jay Raymond, que dirige esta ramificação das forças armadas.

“Trata-se de uma nova prova dos esforços constantes da Rússia para desenvolver e testar sistemas do espaço, de acordo com a doutrina militar do Kremlin que quer recorrer a armas que mantenham as instalações nos Estados Unidos e seus aliados sob ameaça”, acrescentou Raymond, citado no comunicado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.