BNA prevê 200 mil milhões de kwanzas em créditos à economia em 2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O governador do Banco Nacional de Angola, José de Lima Massano, disse que o sector bancário nacional deve fechar o ano de 2020 com um saldo de crédito concedido à economia não inferior a 200 mil milhões de kwanzas.

O responsável que falava ontem na abertura do fórum “Banca em Análise” organizado pela Deloitte, disse que com base no Aviso (Aviso nº 10/2020) a 3 de Abril, os bancos são obrigados a conceder crédito à economia produtiva correspondente a, no mínimo, “2,5% do valor total do activo líquido registado no seu balanço a 31 de Dezembro do ano anterior”, o que quer dizer, segundo o governador do BNA, que os bancos devem fechar o ano de 2020 com créditos concedidos no valor mínimo de 200 mil milhões de Kwanzas.

José Lima Massano, ressaltou que a prioridade recai para a concessão de crédito às PMEs e cooperativas agrícolas no intuito de vitalizar o sector agrícola, garantir a segurança alimentar, a criação de empregos, a redução da pobreza e aumentar a contribuição do sector agrícola no produto interno bruto que ronda os 6,2%, quando na grande maioria dos países da África Subsariana, o peso da agricultura no PIB é superior a 20 por cento, mesmo naqueles que são grandes produtores de petróleo.

Responsável salientou ainda que o governo e o sector privado têm vindo a colaborar para garantir que as PMEs e o sector agrícola sejam bem apoiados, sublinhando que o BNA irá continuar a adoptar medidas para estimular a concessão de crédito à economia.

O governador do BNA apelou a necessidade de os bancos desenvolverem capacidade interna para criação de produtos de créditos que se ajustem as necessidades destes sectores e pediu responsabilidade na concessão de créditos para assegurar a sustentabilidade do sector financeiro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.