Criança de 12 enforca-se após ser repreendida

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Um menor de 12 anos de idade morreu hoje, quinta-feira, na localidade de Ekuma, arredores da cidade de Ondjiva, província do Cunene, vítima de suicídio por enforcamento, por supostamente ter sido repreendido pela irmã mais velha.

A informação foi prestada à imprensa, pelo porta-voz da Polícia Nacional da província do Cunene, intendente Nicolau Tuvecalela, tendo referido que a vítima foi repreendida por andar a lutar com a irmã mais nova.

Contou que, momentos depois, o menor contrariado com a chamada de atenção pegou numa corda e dirigiu-se para uma árvore nas mediações da casa onde cometeu o suicídio.

Disse que as irmãs da vítima não se aperceberam da intenção nem dos movimentos da vítima e só tomaram conhecimento do caso depois do menor ter consumado o suicídio.

O menor vivia na casa com as irmãs e a mãe, que na altura da tragédia se encontrava na floresta a fabricar carvão vegetal para comercializar.

Este é o primeiro caso de suicídio de um menor registado pela Polícia Nacional na província do Cunene.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.