Irão regista novo recorde de mortes com 229 nas últimas 24 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

As autoridades iranianas anunciaram hoje um novo recorde de mortes relacionadas com a covid-19 desde que a pandemia começou, em meados de março, com 229 óbitos nas últimas 24 horas.

“Perdemos 229 dos nosso compatriotas devido à covid-19 nas últimas 24 horas”, afirmou a porta-voz do Ministério da Saúde, Sadat Lari, durante o ‘briefing’ diário à imprensa, o que aumenta o número total de mortes no pais devido à pandemia para 14.634.

O anterior recorde de mortes pelo novo coronavírus no Irão, no país mais afetado do Médio Oriente, foi registado a 09 de julho, com 221 mortes.

A pandemia do novo coronavírus parece estar em crescimento novamente no país, tanto a nível de mortes como de novos casos.

Segundo Lari, 2.625 pessoas testaram positivo para a covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o número total de infeções para 278.827 na República Islâmica.

Face ao ressurgimento da doença, as autoridades tornaram obrigatório o uso de máscaras em locais públicos fechados e restabeleceram restrições nas províncias mais afetadas, incluindo a capital.

As autoridades iranianas começaram, em abril, um levantamento gradual das medidas de restrição, na tentativa de reavivar a economia do país, já sufocada antes da crise sanitária pelas sanções dos Estados Unidos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 606 mil mortos e infetou mais de 14,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.