Investidores estudam projetos de 3,8 mil milhões incluindo em Moçambique e Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Fórum de Investimento em África (FIA) anunciou hoje que está a analisar o financiamento de 15 projetos em África no valor de 3,8 mil milhões de dólares, incluindo duas fábricas em Angola e Moçambique.

“Quatro projetos patrocinados foram convidados a apresentar o seu negócio a mais de 100 investidores presentes na reunião, incluindo uma fábrica de processamento de laticínios em Angola e uma unidade de produção de algodão em Moçambique”, entre outros, lê-se no comunicado enviado à Lusa no final da reunião.

A reunião virtual decorreu na quinta e na sexta-feira e faz parte da resposta à pandemia de covid-19 organizada pelo Banco Africano de Desenvolvimento no âmbito do FIA, que pretende alavancar os investimentos no continente.

Os 15 projetos, no valor de 3,8 mil milhões de dólares, cerca de 3,3 mil milhões de euros, serão “o canal para a recuperação económica africana a seguir à pandemia, disseram os parceiros do FIA, que expressaram confiança no potencial do continente para recuperar da atual crise económica e financeira”, lê-se ainda no comunicado.

“África vai sair da pandemia e vai construir economias melhores e mais fortes”, comentou o presidente do BAD, Akinwumi Adesina no final da reunião que juntou os investidores e as empresas, replicando o encontro anual.

“O FIA não é um sítio para conversas, o que estamos a tentar fazer é focar-nos nos esforços dos nossos parceiros sobre os negócios que estão no nosso portefólio em condições de receber financiamento”, vincou o diretor do FIA, Chinelo Anohu, acrescentando: “Não estamos concentrados apenas no setor da saúde, mas também noutros setores que vão ajudar a arrancar a recuperação em todo o continente”.

Até agora, o FIA já facilitou a conclusão de oito negócios no valor de 2,18 mil milhões de dólares, o equivalente a 1,9 mil milhões de euros.

Em África, há 15.082 mortos confirmados em mais de 720 mil infetados com covid-19 em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 606 mil mortos e infetou mais de 14,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.