Dois ministros sul-africanos são internados com COVID-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Dois ministros sul-africanos que contraíram a COVID-19 foram hospitalizados – anunciou nesta terça-feira (21) o governo do país que se tornou o quinto no mundo com mais casos confirmados da doença.

“O ministro do Emprego e Trabalho, Thembelani Thulas Nxesi, deu entrada no hospital na segunda-feira como resultado da COVID-19. O ministro dado positivo no teste há uma semana e esteve em quarentena em sua casa até a tarde de segunda-feira”, relata um comunicado do governo divulgado hoje.

“Ele foi internado no hospital por recomendação de seus médicos para ter acesso a um acompanhamento adequado”, acrescentou o comunicado, especificando que o ministro de 61 anos “é o segundo membro do governo hospitalizado”.

O ministro da Energia, Gwede Mantashe, de 65, também foi hospitalizado na segunda-feira “por recomendação de seu médico de família para ser mais bem monitorado”, segundo outro comunicado do governo.

Ele e sua mulher “deram positivo para COVID-19 há uma semana”. Sua esposa continuará em quarentena em casa, de acordo com o governo, que desejou aos ministros uma “rápida recuperação”.

Até o momento, a África do Sul acumula mais de 373.000 casos confirmados de COVID-19, entre os quais 5.173 óbitos, conforme o Ministério da Saúde.

É o quinto país mais afetado do mundo em termos de casos confirmados da doença, atrás de Estados Unidos, Brasil, Índia e Rússia, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). O pico da pandemia é esperado para acontecer nas próximas semanas.

As autoridades impuseram um confinamento muito rigoroso no final de março, que depois foi flexibilizado para evitar uma queda na economia da principal potência industrial do continente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.